Palestra do Frei Hildebrando – datada de 1976

Meus prezados Ouvintes:

O terrível e cruciante problema do sofrimento continua interessando vivamente todos os espíritos e todos os corações. Discutem-no os sábios e variam as opiniões. Chocam-se os credos, as escolas e os sistemas. Todos tateiam nas mais espessas trevas.

E por que?

É porque não compreendem o verdadeiro sentido da vida! Querem encontrar a solução do grande problema, desprezando as lições do único Mestre do sofrimento, Jesus Cristo, o verdadeiro Homem da dor.

Sem as luzes e ensinamentos do verbo que se fez carne – o homem peregrino do deserto nunca compreenderá o sentido cristão do sofrimento, da angústia e da lágrima.

“A solução do problema da dor”, dizia o eminente escritor brasileiro, saudoso Arcebispo de Fortaleza, D. Antônio de Almeida Lustosa, – “não está no afastamento da dor, mas no saber sofrê-la. Afastar a dor do nosso caminho nem sempre é possível; mas aceita-la em plena conformidade com a vontade divina, isso sim, é bem possível e sumamente meritória.”

Meus amigos, não há outro caminho, outra diretriz, outra luz, outra solução! É indispensável erguer o coração ao Cristo, fonte perene de luz e força de vontade e de vida! É no Cristo que encontramos a solução de todos os problemas humanos. Fora de Cristo tudo é terra!… tudo é morte! Tenho dito.

Esta entrada foi publicada em Crônicas e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>