Retiro São Francisco: caso tem novo capítulo

Publicado no Jornal A Tarde do dia 31 de julho de 2011
Os católicos que freqüentavam a Casa de Retiro São Francisco, sítio doado à Bahia por Norberto Odebrecht (que o construiu) a partir de contribuições das famílias baianas no final dos anos 40 do século passado, passarão a realizar as suas missas dominicais na Igreja de Brotas. Já a partir de hoje. Mesmo com determinação, por liminar concedida pelo Tribunal de Justiça, os freis franciscanos, cuja ordem está sediada atualmente em Recife, a descumprem. Eles queriam alienar a bela área de descanso e a fé para a especulação imobiliária. Foram impedidos. Para retaliar, acorrentaram a entrada do Retiro, impedindo a presença dos fiéis, e deslocaram de lá as velhas freiras que cuidavam da Casa. Mais. Descumprem a ordem que determina multa por manter o sítio fechado. Nunca pagaram nada. Resta, para encerrar o processo, o julgamento final, cujo relatório do desembargador sorteado para isso não foi, ainda, apresentado. Assim, os fiéis e os amigos da Casa do Retiro de São Francisco passarão a realizar as suas orações e missas dominicais na Igreja de Brotas, colocada à disposição pelo pároco do templo. Enquanto isso, os freis alemães, além de descumprirem decisões judiciais, continuam a sonhar com a grana da venda do que não lhes pertence.

(Samuel Celestino)

Esta entrada foi publicada em Noticias do Retiro e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a Retiro São Francisco: caso tem novo capítulo

  1. Alírio Cavalcanti disse:

    Caríssimos(as) Amigos(as) do Retiro São Francisco,

    Em agradecimento aos que lealmente acorrem à luta, em defesa da CASA DO RETIRO SÃO FRANCISCO senti-me impelido a escrever:

    CARTA AO IRMÃO SOL, IRMÃO LUA…

    Quanto incentivo nos chega… Contamos com a reluzente atenção do Dr Caio César Tourinho. Quanto fôlego se soma e inflama sabermos do apoio do Dr Samuel Celestino que expande o esforço do grupo através do pilar maior da comunicação que é o Jornal
    A Tarde.

    De outra trincheira ecoa a voz do professor Jorge Portugal…A CAUSA DO RETIRO SÃO FRANCISCO tangencia cada um para um gesto largo de DOAÇÃO E SOLIDARIEDADE.

    Eis que, fechadas à força, às portas da CASA DO RETIRO SÃO FRANCISCO…O tinir das correntes ecoam incômodas pelas ruas e avenidas de São Salvador, pelas estradas da Bahia, pelas cidades do Brasil e do mundo…Quem sabe já ecoem em ASSIS…ROMA…

    AH! FRANCISCO; FRANCISCO DE ASSIS…SÃO FRANCISCO DE ASSIS. AMIGO…IRMÃO SOL, IRMÃO LUA…Se aqui pudesses chegar um tanto que fosse…Talvez repetisses o gesto dos teus primeiros passos…tirarias as vestes para oferecer pela Causa do Retiro, ou seja, pela REABERTURA DA CASA DO RETIRO SÃO FRANCISCO.

    Ah! AMIGO FRANCISCO…São Francisco de Assis…Ouves o tinir das correntes que silenciaram os sinos do RETIRO? Ouves o tinir das correntes que fecharam os portões da CASA DE RETIRO SÃO FRANCISCO? Ouves o soluçar das freiras devotas? Sentes a aflição das irmãs Sarah; Lourdinha; Grazianne?…

    Sentes?

    Amigo Francisco de Assis…Sabias que a justiça concedeu LIMINAR determinando a reabertura da CASA DO RETIRO SÃO FRANCISCO e que no Brasil de hoje uma liminar praticamente não tem valor nenhum? Portanto a CASA DO RETIRO CONTINUA LACRADA?

    Pois é amigo, quando do céu escutares um tinir de correntes, são as que ameaçam a CASA DE RETIRO SÃO FRANCISCO. Quando escutares do céu o eco de soluços, de gemidos inefáveis e de orações…São as irmãs que oram, são os amigos do Retiro que pelejam, oram e esperam…

    TODOS PERGUNTAM: SENHOR; O QUE QUERES QUE EU FAÇA?

    Pela história de FRANCISCO; pela biografia dos FRANCISCANOS, pela TRADUÇÃO DO EVANGELHO, pelos SERVIÇOS DA CASA DE RETIRO, pela OBRA DO FREI HILDEBRANDO e pelo esforço COMUNITÁRIO que se originou com a DOAÇÃO DO TERRENO, passou pelo MUTIRÃO representado nas DOAÇÕES INDIVIDUAIS E FAMILIARES DA COMUNIDADE “ALI E ALHURES!”, passando inclusive pela presença marcante da BEATA IRMÃ DULCE na história da Casa do Retiro São Francisco…

    A ÚNICA RESPOSTA QUE CONSEGUIMOS CAPTAR É: LUTEM PELA REABERTURA DA CASA DO RETIRO SÃO FRANCISCO.

    Então: LUTAMOS; CLAMAMOS; ESPERAMOS…

    ATÉ QUANDO?

    Até quando manterão A CASA DO RETIRO SÃO FRANCISCO COM AS PORTAS CERRADAS?

    ATÉ QUANDO MEU AMIGO?

    São Salvador, 01 de Agosto de 2011

    Alírio Cavalcanti Ferreira

  2. Sonia Pondé Avena disse:

    Amigo Alírio,impressionou-me a veemência das suas palavras! Fiquei verdadeiramente tocada com o seu espírito de luta e obstinação.Tenho certeza qe apesar desta luta ,no final ,conseguiremos o nosso objetivo.Ainda hoje fui ver Irmã Sara.Pareceu-me melhor!Creio que a proximidade do Retiro de São Francisco,uma vez que o Aliança é bem mais perto do que a Sagrada Família,deu-lhe novas cores e tornou-a mais alegre. Confiemos em Deus e em S. Francisco que de lá intercede pela nossa causa.Um abraço e parabéns,Sonia

    • Alírio Cavalcanti disse:

      Cara amiga Sônia Pondé;

      Agradeço sua generosidade. Também estive com a nossa querida Irmã Sarah, no domingo. Embora apresentasse quadro melhor do que na semana anterior, inclusive tinha saído do soro. Estava muito abatida quanto a demora de reabertura da Casa de Retiro. Questionando-me repetidamente sobre por qual motivo demora tanto…(?) Essa foi a pergunta reincidente. Senti-me constrangido em tentar explicar o que na realidade não consigo. 1.º porque não faço parte do sistema judiciário. 2.º porque também não compreendo claramente o motivo de a Casa estar fechada, quanto mais da demora de ser REABERTA. 3.º E NÃO compreendo de JEITO NENHUM num sistema REPUBLICANO E DEMOCRÁTICO UMA DECISÃO JUDICIÁRIA (LIMINAR DE REABERTURA) Não ser respeitada e cumprida automaticamente. Mas, senti dificuldade em entabular esse tipo de diálogo com uma pessoa que é vítima desses enganos, e que tem mais de 80 anos e está sentido sobre os ombros o peso de toda essa situação injusta. Então, só consegui repetir que estou unido a outras pessoas orando pela Causa. E nossa irmã querida respondeu-me com seu jeito sincero e direto: Precisa rezar mais! (rsrsrs – risos tristes – risos de quem gostaria de poder mais…) Fraterno abraço. Alírio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>