Mais uma crônica do Frei Hildebrando – datada de 30 de julho de 1983

Meus prezados Rádio Ouvintes:

Cristo gostava muito da parábola do “Grão de trigo”o grão de trigo que não morre, “fica sozinho, porém morrendo – produz muitos frutos.”

Repito: são palavras de Cristo. E Cristo não costumava falar ao vento, dizendo coisas sem nexo sem sentimento. Em matéria de psicologia e sabedoria humana, ninguém, até hoje, superou o Mestre da Galileia.

Meus Amigos, navegar o sofrimento é bom!… olhem lá… ouçam  bem o que estou falando!!!! Sim, o sofrimento é bom… sustento a afirmativa: o sofrimento é benéfico… é positivo… é salutar! NÃO que ele seja agradável! Se assim fosse, já não seria sofrimento. Seria prazer… seria rosa… e não ESPINHO!

Meus Amigos: Outra constatação:    NINGUÉM ESCAPA DO SOFRIMENTO! Ele acontece, quer queiramos, quer não! É uma consequência pura e simples, do fato de sermos criaturas humanas. Os ANJOS não sofrem. Mas nós não somos ANJOS. Somos pessoas humanas… somos gente… em trânsito por um vale, que o velho JÓ, da Bíblia, já chamou de “VALE DE LÁGRIMAS”.

Mais outro detalhe: Amigo: Você sofrerá MAIS, se tentar fugir do sofrimento… e você sofrerá MENOS… na MEDIDA da aceitação da dor!

Repito: “O grão de trigo deve morrer para frutificar…“ Você já percebeu que o SOFRIMENTO

I R M A N A?

Que o sofrimento A P R O X I M A?

Meus Irmãos – Dificilmente negamos algo a uma pessoa que sofre. Num filme, numa telenovela, na vida de cada dia, inclinamo-nos instintivamente para o lado dos corações sofredores… dos corações machucados.

Porque a dor avizinha… chama nossa compaixão e solidariedade.

Pois bem, meus Amigos – se o sofrimento é nosso companheiro inseparável de jornada, por que não fazer dele um AMIGO?! Enquanto não o aceitarmos, o sofrimento será sempre maior, mais pungente, mais fundo, mais chato e mais triste.

Ao contrário – qualquer dor aceita é matéria prima, que nos faz crescer e amadurecer. A PAIXÃO DE CRISTO é Obra Inacabada, subjetivamente. Cabe a nós, a cada um de nós, terminar essa Obra Redentora inconcluída.

Sofrimento aceito com resignação e maturidade… realiza admiravelmente o que não conseguem nem a glória nem a euforia nem a ausência de provações!… Sofrimento aceito… valoriza… leva-nos ao Encontro… de Deus e dos homens. Tenho dito.

Esta entrada foi publicada em Crônicas e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>