Mais uma crônica do Frei Hildebrando – datada de 18 de novembro de 1978

Meus prezados Rádio Ouvintes

Temos ultimamente tratado da vida no lar!

Vejamos hoje os HOMENS. Que seres misteriosos e desconcertantes. Conduzem máquinas enormes – resolvem problemas ultra complicados – chegam a colocar em órbita, cápsulas espaciais, mas são incapazes de encontrar uma camisa limpa, caso a esposa não a tenha colocado (a dita camisa) bem no seu nariz, em cima de uma cadeira.

São capazes de construir arranha-céus, barragens, aviões a jato – e ei-los, de repente, destituídos de qualquer energia ou desembaraço, quando dizem à mulher, à mesa do jantar: “Me dá um copo d’agua”!

A geladeira está a dois passos – a mãe está sendo interpelada por todos os filhos ao mesmo tempo, o menorzinho acaba de transformar o cesto de pão em chapéu. Mas, “Sua Majestade” não vê nada – não escuta nada – não quer saber de nada. Só pensa em sua sede.

Desesperado, patético, grita: “UM COPO D’AGUA, POR FAVOR!!!!!…”

Sim – os maridos podem ser, às vezes, bem esquisitos… e brutais. Sua memória – (está comprovado) – chega a ser prodigiosa! Ele é capaz de saber dia, hora e locais de todas as Copas do Mundo ou quando foi que os americanos desembarcaram na França, ou quando saiu certa lei sobre impostos que alterava a precedente.

Mas, os mesmos homens sofrerão de incurável amnésia a propósito de outros acontecimentos. Assim é que a esposa pode botar de novo o vestido de noiva, e assobiar a marcha nupcial, que nem de leve desconfiarão que aquele dia é o aniversário de casamento.

Os senhores devem reconhecer que isso tudo, a que chamam bagatelas e falhas sem importância, acabará, com o tempo, por irritar os nervos da ilustre consorte: CONTAM, PORÉM, MESMO ASSIM, COM A INDULGÊNCIA E COMPREENSÃO DA ESPOSA.

Por que então, do seu lado, não usar também com ela, a mesma vontade?!!. Nada estaria mais dentro do espírito do Evangelho, que esta boa vontade recíproca. Tendo dito.

Esta entrada foi publicada em Crônicas e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>