Crônica do Frei Hildebrando – datada de 23 de julho de 1977

Meus prezados Rádio Ouvintes:

Na doença como na saúde, a alma cristã deve exclamar: Senhor! Faça-se a Vossa Vontade!

Santo Afonso dizia nas enfermidades: “Senhor, eu não desejo ser curado, nem permanecer doente. Somente quero o que Vós quereis!”

“Por isso” – acrescentava “o melhor e o mais perfeito é não pedir nem saúde nem doença, mas abandonar-se à Vontade de Deus, a fim de que Ele determine o que lhe aprouver a nosso respeito!”

São Camilo de Lellis teve cinco longas e dolorosas enfermidades, que ele chamava de “misericórdias do Senhor”.

A doença, se fere o corpo, cura muitas vezes a pobre alma enferma.

Salviano costumava dizer que a doença é um meio tão comum de santificação para as almas, que muitas pessoas nunca chegariam à santidade, se gozassem de perfeita saúde.

Meus prezados Ouvintes – todas essas frases e ponderações merecem ser profundamente meditadas… mormente nos dias, em que uma prolongada e dolorosa enfermidade nos acabrunha e ameaça abater-nos o espírito. Nessas horas penosas de tantas dores e incômodos… está a VONTADE de Deus, a Mão misericordiosa de Deus… a livrar-nos de tantas mazelas, de tantos apegos e de tantos pecados!

Um dia, tudo isso veremos claramente no céu; e então, sim haveremos de abençoar e beijar a Mão divina que nos fez progredir tanto e tanto no caminho da perfeição.

Dias de enfermidade… são dias de visitação divina!!!… são dias de bênçãos incomensuráveis!!!

Confiemos, – pois, cegamente na Providência Divina! Tenho dito.

Esta entrada foi publicada em Crônicas e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>