Mais uma crônica do Frei Hildebrando – datada de 19 de maio de 1984

Meus Prezados Rádio Ouvintes:

Quem não deseja ser feliz? Todos, naturalmente! Mas, para isso, indispensável torna-se, cooperar. Antes de tudo – procure SORRIR, apesar dos pesares. Não  se deixe abater pelo primeiro contratempo. Procure ser sempre alegre e animado.

Quem não sorri muito  - adoece – adoece de tristeza… de desânimo. Um sorriso é um SIM que dizemos aos planos do Pai do Céu.

O bom humor areja – tonifica… abre as janelas da alma e as portas do coração, deixando entrar o ar puro da alegria – de música – de otimismo – de poesia – da natureza – da gratidão.

Meus Amigos – Num mundo poluído e intoxicado – deprimido e desalentado… respire a paz – confiança – pensamentos positivos – serenidade.

Pessoas serenas, pacificam à sua volta! Mentes turbadas, colocam mais rugas no rosto da sociedade, já triste demais!

VIVER, é recomeçar cada dia, com um sorriso de perseverança e agradecimento nos lábios… no coração!

Não perca jamais a cabeça. Todo problema tem solução! O Pânico entorna o caldo – e o desespero atrofia nossas potencialidades. Aja com calma – sem afobação – caminhe sem pressa – sem obsessões doentias… confiando em Deus – dê tempo ao tempo – e tudo dará certo.

O tempo é o melhor médico: cura até mesmo feridas de amor.

Tenha amigos e seja amigo! Amizade não é luxo – passatempo ou romantismo sonhador!!!  É NECESSIDADE, É QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA.

IMPERATIVO EXISTÊNCIA – com as bênçãos de Deus. A FELICIDADE COMEÇA, ONDE TERMINA O EGOISMO.

Dia o poeta: “A AMIZADE É A HÓSTIA da fraternidade passando de mão em mão, na LITURGIA DA FELICIDADE celebrada no coração.” Tenho dito.

Esta entrada foi publicada em Crônicas e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>