Arquivo da tag:

Crônica do Frei Hildebrando – datada de 09 de novembro de 1969

Meus prezados Ouvintes! Não é possível e nunca será possível fugir ao inquietante problema do sofrimento. O renascer perene dessa angústia coloca o homem constantemente ante novos aspectos e surpresas, iludindo-lhe sempre a vigilância. Deve ser solucionado de outro modo … Continue lendo

Publicado em Crônicas | Com a tag | Deixar um comentário

Crônica do Frei Hildebrando – datada de 03 de março de 1979

Meus prezados rádio ouvintes: Não é fácil iniciar um diálogo sobre o mais desconcertante e misterioso problema da vida – que é a dor. Mas é exatamente útil e, além do mais, urgente. Não digas que não te interessa ou … Continue lendo

Publicado em Crônicas | Com a tag , , | Deixar um comentário

Mais uma crônica do Frei Hildebrando – datada de 15 de abril de 1973

Meus Prezados Rádio Ouvintes: Não meu amigo – A vida não é como pintam tuas paixões. Não é assim. É melhor! Muito melhor do que tu pensas. Mais ainda: é bela, é amável… Queres saber como? “… Cada coisa tem … Continue lendo

Publicado em Crônicas | Com a tag , , | Deixar um comentário